quarta-feira, 19 de agosto de 2009

TPM – JESUISSSS !!!



A Tensão Pré-Menstrual (TPM) atinge as mulheres de maneira diferente. Algumas ficam literalmente de cama, anti-sociais, estressadíssimas, intolerantes. Outras ficam carentes, choronas, comilonas. Mas a verdade é que em uma sociedade como a nossa, em que as mulheres, cada vez mais, acumulam funções múltiplas (mãe, mulher, profissional, chefe, amiga, patroa, chefe de família) a TPM é um problema que precisa ser encarado por todos, inclusive o parceiro.

Os sintomas mais comuns ligados à TPM são:

Sintomas físicos

Fadiga; Dor de cabeça (cefaléia); Inchaço nos pés e nas mãos; Dor nas mamas; Distensão abdominal; Cólicas; Alteração do apetite; Alteração do sono (aumento do sono ou insônia)

Sintomas emocionais

Irritabilidade; Depressão ou desespero; Ansiedade e tensão; Tristeza repentina; Choro; Raiva e fúria; Alterações súbitas de humor; Dificuldade de concentração; Baixa auto-estima; Desinteresse nas atividades habituais; Falta de energia e Dor nas articulações e nos músculos.

Normalmente, os sintomas da TPM aparecem duas semanas antes do ciclo menstrual, podendo continuar alguns dias durante o período menstrual. Não há soluções mágicas para a TPM, é preciso contar com a compreensão daqueles que convivem diretamente com as mulheres nessa época (maridos, namorados, amigos, filhos).

O legal é começar a se observar e anotar as mudanças de comportamento que você costuma detectar nessa época, assim você consegue saber o que vem junto com a TPM e o que está ligado a sua personalidade.

A TPM varia entre mudança de hábitos e medicações específicas. Para sintomas leves, a orientação é dieta, exercícios físicos e relaxamento. Evitar cafeína, cigarro e álcool é indicado para quem sofre de ansiedade. Analgésicos e acupuntura são recomendados para as dores de cabeça. As mulheres que tem vida sexual intensa podem ter os sintomas aliviados, dado que corresponde a uma atividade física, também recomendada no tratamento da TPM, a qual libera endorfina aumentando a sensação de prazer e bem-estar.

Práticas que podem aliviar os sintomas:

- Exercícios físicos que aliviam a tensão e a depressão;

- Prefira alimentos que sejam diuréticos (morango, alcachofra, agrião);

- Evite marcar compromissos importantes nesse período;

- Levante sua auto-estima, arrume-se e capriche no visual nesse período;

- Faça sexo, para aliviar o estresse e relaxar.

Um comentário: