terça-feira, 14 de março de 2017

Como fazer uma boa espanhola

Em cada país pode ter um nome diferente, no Brasil conhece-se como "uma espanhola" ou "espanholada" a masturbação realizada com os seios, um das preliminares que mais êxtases desperta nos homens, e a alternativa ideal se o seu parceiro não parar  de dizer o quanto gosta dos seus seios. Mas para que ambos desfrutem realmente convém seguir algumas sugestões.

Instruções:

Uma boa espanhola não depende tanto do tamanho dos seios como da técnica, embora quanto maior seja o seu tamanho, mais atrito vai gerar e muito melhor vai ser a masturbação. Se você tem curiosidade e nunca fez isso com o seu parceiro, o próximo encontro pode ser uma boa oportunidade para experimentar.

Pegue com delicadeza o pênis do seu companheiro, antes de passar diretamente para a espanhola você pode jogar um pouco com ele, masturbá-lo primeiro com a sua mão, depois dê-lhe um pouco de um prazeroso sexo oral; isto fará com que o ambiente se ponha realmente quente, quando saiba que já está no ápice, então dê o passo para a masturbação com os seus seios.

Pegue um pouco de lubrificante íntimo e esfregue entre os dois seios. Faça isso enquanto ele olha para você, lentamente toque os seus seios, provoque-o e especialmente faça com que ele imagine o que vai acontecer, o que você está a ponto de fazer.

Quando a região estiver suave você deverá colocar o pênis dele entre os seus seios e, para gerar maior atrito, usar suas mãos; use-as para juntar os seus seios e fazer com que o pênis fique um pouco mais apertado entre eles.
http://1.bp.blogspot.com/_fhmXfh7dnaI/SKecg45o7AI/AAAAAAAAAgg/BbPDoODgdPQ/s640/espanhola.jpg
Graças ao lubrificante o pênis irá deslizar de uma maneira incrivelmente prazerosa para ele. Masturbe-o seguindo o movimento habitual, para cima e para baixo. O ideal é começar um pouco lento e depois ir mais rápido, mas o ritmo dependerá do gosto dele, nesse momento dedique-se a satisfazê-lo e faça como ele pedir.
Após uma prazerosa espanhola vocês podem continuar experimentando até acabar em um delicioso coito ou então podem aproveitar e experimentar outro tipo de prazer como a ejaculação nos seios ou no rosto. Não deixem de lado a oportunidade de viver novas experiências que podem ser incríveis para ambos.


sexta-feira, 10 de março de 2017

10 países estão desesperados para as pessoas fazerem mais sexo. Descubra quais:

Se tem uma coisa que o brasileiro certamente não deixa de fazer, é sexo. Mas para quem pensa que no mundo inteiro as pessoas procriam como aqui, se engana. 10 grandes nações estão fazendo campanha para que os cidadãos façam mais sexo.
E não é apenas para que todos aliviem as tensões e se entreguem ao prazer, mas sim para que possam procriar mais e suprir o gráfico chamado de taxa de fertilidade (na qual os nascimentos preenchem o vazio deixado pelas mortes). Isso significa que o governo espera que a média de dois filhos por mulher aumente, fazendo com que campanhas de incentivo no mínimo bizarras fossem criadas.
Eis a lista:
Dinamarca
Os dinamarqueses possuem uma taxa de fertilidade baixíssima e uma empresa de viagens entrou na campanha para aumentá-la. A Spies Rejser oferece três anos de suprimentos para bebês que foram concebidos em alguma viagem feita através da empresa. Eles criaram a campanha “Do It For Mom” (Faça isso pelas mães, em tradução livre), casais são influenciados
a terem filhos para que suas mães não deixem de ter netos. 

Rússia 
De acordo com a Tech Insider, o país está enfrentando uma crise ‘anti-bebês’. O índice de HIV e alcoolismo são grandes influenciadores, fazendo com que mulheres não tenham filhos e homens morram muito jovens. Em 2007, o governo declarou o dia 12 de setembro o dia oficial da fecundação, onde as pessoas recebem folga para investir na tentativa de ter um bebê.
Japão
Uma pesquisa realizada em 2011 descobriu que 61% dos homens solteiros e 49% das mulheres, com idades entre 18 e 34 anos, não estavam em nenhum tipo de relacionamento. Para tentar influenciar os jovens a criarem família, um bebê robô chamado Yotaro foi criado para que as pessoas treinassem a paternidade.
Roménia
Nos tempos do comunismo, se os casais não procriavam para garantir trabalhadores no futuro eram obrigados a pagar uma taxa de 20% de seu salário. Hoje a taxa de fertilidade segue como uma das mais baixas.
Singapura
É o país com a menor taxa de fertilidade do mundo, com 0.81 criança por mulher. Para lidar com a crise, o governo criou o National Night (Noive Nacional, em tradução livre) em parceria com a Mentos para que os casais “deixassem o patriotismo explodir”. O governo chega a pagar um valor recompensa para quem tem mais de dois filhos.
Coreia do Sul
As empresas apagam as luzes às 19h na terceira quarta-feira de cada mês, conhecida como O Dia da Família. Os trabalhadores são encorajados a chegarem mais cedo em casa para aproveitarem as luzes apagadas.
Índia
Enquanto a população geral do país está em ordem, a comunidade Parses está diminuindo. Isso fez a região criar anúncios contraditórios, pedindo que as pessoas “sejam responsáveis e não usem preservativos hoje à noite”.
Itália
O romantismo da cidade deveria influenciar a procriação, porém a Itália está abaixo do índice europeu de fertilidade. Campanhas foram criadas para os jovens, enfatizando que “beleza não reconhece idade, fertilidade sim”.
Hong Kong
Inspirado por Singapura, o país dá dinheiro aos casais para encorajá-los a terem filhos.
Espanha
Enquanto as taxas de emprego sobem, as de fertilidade descem. Metade dos jovens estão sem trabalho e o governo contratou funcionários especializados em reverter a situação
Rússia
De acordo com a Tech Insider, o país está enfrentando uma crise ‘anti-bebês’. O índice de HIV e alcoolismo são grandes influenciadores, fazendo com que mulheres não tenham filhos e homens morram muito jovens. Em 2007, o governo declarou o dia 12 de setembro o dia oficial da fecundação, onde as pessoas recebem folga para investir na tentativa de ter um bebê.
Japão
Uma pesquisa realizada em 2011 descobriu que 61% dos homens solteiros e 49% das mulheres, com idades entre 18 e 34 anos, não estavam em nenhum tipo de relacionamento. Para tentar influenciar os jovens a criarem família, um bebê robô chamado Yotaro foi criado para que as pessoas treinassem a paternidade. 
Roménia
Nos tempos do comunismo, se os casais não procriavam para garantir trabalhadores no futuro eram obrigados a pagar uma taxa de 20% de seu salário. Hoje a taxa de fertilidade segue como uma das mais baixas. 
Singapura
É o país com a menor taxa de fertilidade do mundo, com 0.81 criança por mulher. Para lidar com a crise, o governo criou o National Night (Noive Nacional, em tradução livre) em parceria com a Mentos para que os casais “deixassem o patriotismo explodir”. O governo chega a pagar um valor recompensa para quem tem mais de dois filhos. 
Coreia do Sul
As empresas apagam as luzes às 19h na terceira quarta-feira de cada mês, conhecida como O Dia da Família. Os trabalhadores são encorajados a chegarem mais cedo em casa para aproveitarem as luzes apagadas. 
Índia
Enquanto a população geral do país está em ordem, a comunidade Parses está diminuindo. Isso fez a região criar anúncios contraditórios, pedindo que as pessoas “sejam responsáveis e não usem preservativos hoje à noite”.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Masturbando sua parceira



Todo mundo deve achar uma besteira abordar esse assunto tão batido, pois estão enganados, ainda tem muita gente que não sabe como dar uma ajudinha, uns tem até vergonha de perguntar, então vamos lá ver algumas dicas de como masturbar seu parceira...
A masturbação feminina é uma prática que traz muitas vantagens para a vida sexual da mulher` do casal, dessa maneira, à mulher se conhece melhor e na hora do sexo, o prazer é encontrado de um jeito mais fácil e em pouco tempo.

Como masturbar sua parceira e ajudá-la  à atingir o orgasmo feminino:

Conhecer o seu corpo é um fator muito importante na hora de atingir o orgasmo, pois é nesse momento que você descobre o que te excita. Por isso a masturbação é uma prática essencial para o orgasmo feminino.


O vibrador feminino costuma ser muito útil para a mulher na hora de conseguir o orgasmo. Eles estimulam o prazer, fazendo com que a mulher se excite e alcance o orgasmo.


1.      Na hora do sexo, deixe de lado seus problemas. Estudos apontaram que um dos maiores problemas que bloqueiam a mulher na hora do prazer é o stress.
2.      Os sex toys para mulheres, como o dildo (objeto em formato de pênis) ajudam o casal a se divertir nas preliminares. Os dildos ajudam o casal a se esquentar antes da relação sexual. Esse momento é essencial para que a mulher se excite e consiga atingir o orgasmo.
3.      Tome cuidado com o uso de medicamentos, pois eles podem afetar a sua vida sexual. Caso você note problemas ao iniciar um tratamento, converse com o seu médico para que juntos possam encontrar uma solução.
4.      Casais que respiram em sintonia aumentam a expectativa e prolongam o prazer, adiando o momento do orgasmo.
5.      Filmes eróticos podem se tornar estimulantes na hora h. Uma boa trama e cenas excitantes ajudam a alcançar o orgasmo.
6.      A comunicação a dois é muito importante para ajudar ambos a encontrarem o prazer na hora da relação sexual. Os homens precisam de orientação para dar prazer a mulher, pois o corpo feminino é muito complexo.
7.      Engane o seu orgamo, prolongando o período de excitação. Quando estiver perto de atingir o orgasmo, retorne ao início. Faça isso algumas vezes antes de explodir de prazer.
8.      Tente se masturbar também de manhã. Quanto mais relaxada você estiver, maiores chances terá.
9.      Concentração. Concentre-se no que está sentindo. Esqueça do mundo.
10.  E se com todas essas dicas, chegar ao orgasmo ainda é um desafio para você, procure um médico para que ele possa ajudá-la.


Fica a dica!!

Yoni é a palavra sânscrita para vagina que é traduzida livremente como "espaço sagrado" ou "Templo Sagrado". No Tantra, a Yoni é visto de uma perspectiva de amor e respeito. Isto é particularmente importante para os homens a aprender.

Antes de iniciar a massagem Yoni é importante criar um espaço para a mulher (o receptor), em que para relaxar, de onde podem mais facilmente entrar num estado de grande excitação e prazer grande experiência de sua Yoni. Seu parceiro (o doador) irá experimentar a alegria de dar prazer e testemunhando um momento especial. A Massagem Yoni também pode ser usado como uma forma de "sexo seguro" e é uma atividade excelente para construir confiança e intimidade. Alguns terapeutas de massagem e sexo usá-lo para ajudar as mulheres a romper bloqueios sexuais ou traumas.

O objetivo da massagem Yoni não é apenas de atingir o orgasmo, embora muitas vezes o orgasmo é um efeito secundário agradável e bem-vindos. O objetivo pode ser tão simples quanto ao prazer e massagear a Yoni. A partir dessa perspectiva o receptor e doador podem relaxar, e não precisa se preocupar com atingir um objetivo particular. Quando o orgasmo ocorre é geralmente mais expandido, mais intenso e mais satisfatório. Também é útil para o doador não espere nada em troca, mas simplesmente permitir que o receptor  desfrute da massagem e relaxe em si mesmo.